Fazer coisas diferentes

 

 

Você costuma sentir que o tempo está passando rápido demais? Todo mundo sabe que o tempo é relativo e que passa mais depressa quando você está com caganeira a caminho do banheiro. Cada segundo conta. Mas, a julgar pelas conversas que tenho tido com amigos, o porteiro do prédio, a secretária, a vendedora da loja de bijuterias e os taxistas em geral, parece que o tempo anda acelerado mesmo quando nossos intestinos se encontram em perfeito estado de funcionamento.

Surpreendemo-nos com frequência ao olhar para o calendário e perceber que já estamos quase no fim do mês. Quase na metade do ano. Quase no Natal.

Muita gente diz que faço coisas demais. Trabalho, boxe, yoga, patins, passeios, viagens, cozinhar, passar tempo com o marido, os amigos, a família, arrumar a casa, cursos online, massagem, festas… Alguns dizem com admiração: “uau! Não sei como você consegue! Um dia quero ser como você!”. Há quem diga como se fosse uma coisa ruim: “já está inventando mais uma coisa nova? Não sei como você aguenta!”. O que talvez nenhuma dessas pessoas saiba é que eu gostaria de fazer muito mais. Tocar um instrumento musical, praticar outros esportes, fazer outros cursos, aprender mais línguas, conhecer outros lugares e outras culturas, visitar meus amigos e parentes, meditar com mais frequência, fazer melhor o que já sei, explorar a cidade, desenvolver novas habilidades, ir mais vezes ao teatro e a shows, ler mais livros, ver mais filmes, viajar o mundo.

Fazer coisas diferentes é o melhor jeito de escapar da tirania do tempo. Os dias passarão, eu querendo ou não. Posso dedicá-los exclusivamente ao cumprimento de meus deveres e ao atendimento de minhas necessidades fisiológicas. Ou posso aproveitar para fazer outras coisas, que me façam sentir mais viva. A variedade de atividades traz ainda um bônus: conhecer muita gente interessante.

Quando encontramos um conhecido e perguntamos “o que tem feito?”, a resposta usualmente é “ah, o de sempre”. Chega de fazer o de sempre. Você já está bom o bastante nisso, não precisa se especializar tanto.

Faça um teste: imagine que hoje é seu último dia de vida. O que você gostaria de ter experimentado ou feito mais vezes? Você gostaria de ter passado mais tempo trabalhando? Arranjando briga com desconhecidos no Facebook? Assistindo a vídeos de gatinhos? Vendo novela ou séries americanas? Dormindo?

Muita gente usa a falta de dinheiro como justificativa para não fazer coisas diferentes. Bobagem! Existe MUITA coisa que você pode fazer com pouco ou nenhum dinheiro. Para provar, vou dar uma lista de 30 sugestões, só pra começar. Você pode salvá-la e dar uma olhada sempre que precisar de uma ideia. Ou mesmo se propor um desafio: executar todas! Por favor, escolha pelo menos uma e tente. Depois me conte como foi.

1. Marque um café com alguém que não vê há anos.

2. Comece – e de preferência termine – um curso online (se quiser eu posso dar dicas).

3. Saia para fotografar diferentes lugares da sua cidade. Pode ser com a câmera do celular mesmo!

4. Faça um piquenique num parque.

5. Visite um asilo ou um lar de crianças abandonadas.

6. Reproduza uma fotografia da sua infância, usando roupas semelhantes e se possível usando o mesmo cenário.

7. Tome um banho de chuva.

8. Faça aulas experimentais gratuitas. Dá pra passar a vida experimentando coisas novas sem gastar nada  (yoga, pilates, spinning, boxe, crossfit, todos os tipos de dança, circo, artes marciais, esportes, instrumentos musicais, canto etc.).

9. Filme e edite um vídeo.

10. Medite por 10 minutos.

11. Visite um museu ou galeria de arte.

12. Veja o sol nascer.

13. Passe o dia numa grande livraria ou numa biblioteca (lendo, é claro).

14. Faça uma receita diferente. Se nunca cozinhou, não se desespere: é só encontrar uma receita na internet, ter os ingredientes e seguir o passo-a-passo.

15. Escreva uma carta para alguém. E envie. Sim, pelo correio.

16. Leia um desses livros que você tem em casa em vez de comprar um novo.

17. Agradeça a alguém que já lhe ajudou um dia com um cartão bonito e inesperado.

18. Participe de um concurso cultural (do tipo “escreva uma frase”, “envie um vídeo”, “faça uma foto”).

19. Revele fotos digitais. Coloque em porta-retratos, monte álbuns ou murais.

20. Plante alguma coisa ou cuide de uma planta. Pode ser um caso de flores, uma árvore ou até uma mini-horta.

21. Faça um caminho novo para o trabalho.

22. Aproveite o horário de almoço para caminhar um pouco.

23. Doe roupas e se desfaça de objetos que não usa mais. O que não quiser doar, pode colocar à venda na internet.

24. Visite alguém que vá ficar muito feliz em ver você.

25. Mude os móveis de lugar. Se sua casa é muito pequena e não tem jeito, mude a posição dos objetos na sua mesa.

26. Viaje ao passado revendo fotos antigas.

27. Faça uma surpresa para alguém.

28. Faça uma cápsula do tempo.

29. Escreva um recado inspirador e anônimo e deixe dentro de um livro numa biblioteca ou livraria.

30. Vá ao mercado municipal da sua cidade e experimente uma fruta que nunca comeu antes.

Seu tempo vai passar de qualquer jeito. Você pode decidir o que fazer com ele ou deixar que ele simplesmente escape. A escolha é sua. coisasdiferentes.jpg

Anúncios

6 comentários em “Fazer coisas diferentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s